Casas Pernambucanas | Anos 60

Tecidos finos, bons e baratos…

Fundada pelos filhos do imigrante sueco Herman Theodor Lundgren, as Casas Pernambucanas abriram suas portas em Recife no dia 25 de setembro de 1908.

Antunes Simões & Cia | 1915

A língua portuguesa (do Brasil) na Propaganda de 1915. É quase inevitável que a propaganda antiga, quase sempre, chame mais atenção pela sua imagem e estética (layout) do que pelo texto em sí. Seja porque queremos ver aquele carro que não existe mais, a vitrola que tocava os nossos LPs, a lata do leite Ninho…

É Esta | 1927

A arte de anunciar. Nem só de grandes marcas ou meios de comunicação vive a publicidade. Uma prova disso é essa propaganda de 1927, feita à mão e publicada numa revista no interior da Amazônia, na cidade de Cametá, no Pará. Editada na época por Victor Tamer (que décadas mais tarde se tornaria membro da…

Casa Carvalhaes | 1915

“A vida de Belém é relativamente tão barata como nas capitais européias e para a alimentação encontra-se tudo quanto se pode obter em qualquer das grandes capitais do mundo, quer de artigos nacionais, quer estrangeiros, pois até legumes e frutas dos climas frios existem, vindos da Europa e da América do Norte em câmaras frigoríficas”….

Fábrica Palmeira | 1915

A Fábrica Palmeira foi uma das empresas que fizeram história na Belém da belle époque, em pleno auge do ciclo da borracha. Esse anúncio de 1915, mostra a imponente fachada colonial da Fábrica Plameira no centro de Belém do Pará. Mais um dos grandes patrimônios de Belém que infelizmente faz parte dos livros de história.